Politica

Datafolha: 51% dos brasileiros querem Bolsonaro condenado pelo TSE; 45% querem absolvição

Outros 4% não souberam responder. Margem de erro da pesquisa é de 2 pontos para mais ou para menos. Punição poderia tornar o presidente inelegível.

Pesquisa Datafolha publicada na madrugada desta terça-feira (4) pela “Folha de S.Paulo” aponta que 51% dos brasileiros querem que Jair Bolsonaro (PL) seja condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que pode torná-lo inelegível.

Outros 45% acreditam na inocência do ex-presidente e defendem que ele não deveria ser condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 4% não souberam responder.
Entre os que defendem punição estão principalmente as mulheres e os mais pobres, enquanto os mais ricos defendem a absolvição de Bolsonaro.

Segundo o instituto, a perda dos direitos políticos é a punição mais correta para o ex-presidente, que tentou desacreditar o sistema eleitoral brasileiro durante a corrida presidencial de 2022.

O Datafolha ouviu 2.028 pessoas com 16 anos ou mais nos dias 29 e 30 de março, em 126 cidades. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

Bolsonaro, que voltou ao Brasil na semana passada após quase três meses fora do país — estava na Flórida -, avalia que não há motivos para ser tornado ilegível.

Há 16 ações contra Bolsonaro no TSE — e pelo menos 7 já foram abertas. Entre essas últimas, está a que investiga o encontro com embaixadores realizado em julho de 2022, no Palácio do Planalto, feito pelo ex-presidente para atacar sem provas as urnas eletrônicas e o sistema eleitoral.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo